PUBLICIDADE


Bela Vista de Goiás, em conjunto com outros municípios da Região Metropolitana, emitiu um novo decreto restringindo atividades econômicas a partir desta segunda-feira (1º), com o objetivo de frear o avanço da Covid-19. Por hora, o Decreto Municipal nº. 167/2021 tem validade de sete dias.

Conforme o documento, todos as atividades consideradas essenciais podem continuar funcionando como unidades de pronto atendimento de saúde, farmácias, cemitérios, funerárias, revendedoras de gás e combustíveis, bancos e lotéricas.

Alguns estabelecimentos que tiveram o atendimento público restringido foram o comércio de produtos alimentícios (panificadoras, bares e restaurantes, por exemplo) que podem abrir somente em sistema delivery ou retirada no local. Os segmentos de autopeças e produtos agropecuários, por exemplo, podem abrir em sistema de delivery ou por agendamento.


Preocupação

Assim como outros prefeitos da região metropolitana, Nárcia Kelly (PP), pediu a população belavistense que reflita sobre a pandemia nos próximos dias. "A situação é preocupante e todos os prefeitos se declararam favoráveis ao fechamento temporário do comércio", destacou.

A prefeita alerta ainda para a gravidade da doença. "Mais do que nunca, é preciso que a gente se mobilize, tanto individualmente quanto coletivamente, para vencer essa pandemia".

--
Foto: Secom Bela Vista de Goiás

Poste um comentário