PUBLICIDADE


Goiás pode registrar até 42ºC em algumas regiões na semana mais quente de 2020 e para as próximas semanas os termômetros devem marcar 38ºC, mantendo o clima quente. As previsões são do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

As temperaturas extremas estão por todo o Estado, principalmente nas cidades que estão nas proximidades da Região da Estrada de Ferro como Senador Canedo, Bela Vista de Goiás e Pires do Rio. A previsão é de 38ºC para esta terça-feira (29) e o calor aumenta ainda mais nos dias que seguem.

Conforme entrevista ao portal de notícias Mais Goiás, o gerente do Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas do Estado de Goiás (Cimehgo), André Amorim, explica que a alta temperatura no estado é resultado do fortalecimento de uma massa de ar quente que deixará o tempo ainda mais seco do que já está. “Existe realmente uma onda de calor. Essa massa de ar quente e seco está muito forte e tem um sistema que está garantindo e aumentando ainda mais o bloqueio [atmosférico]”, esclarece.


Amorim relata que as consequências dessa onda de calor são dias consecutivos de temperaturas elevadas e baixa umidade relativa do ar. Os prognósticos apontaram, até agora, que a temperatura esta semana de Goiás pode variar entre 38º e 39º. O percentual da umidade do também deve cair drasticamente em razão do calor. “Deu 13% [de umidade do ar] até agora mas pode chegar até menos que 10% esta semana. O ideal é 60%, mas faz tempo que não atinge isso”, revela ao site Mais Goiás.

De acordo o Inmet, Goiás não deve voltar a registrar chuvas até o dia 10 de outubro. Espera-se que chuvas com maior nível pluviométrico caiam apenas na segunda quinzena do próximo mês.

--
Fonte: Mais Goiás / Foto: Reprodução

Poste um comentário