PUBLICIDADE


Foto: Arquivo Pessoal | Divulgação

A aposentada Delcidia Cidines Costa comemorou no último domingo (5) 116 anos de idade. A mulher, que está entre as dez mais velhas do mundo, mora em Palmelo. Quem organizou a festa foi a curadora dela, Arliete Aparecida Pelosi, que tem 47 anos. Em entrevista ao G1 Goiás,  Arlete disse que anualmente o aniversário da aposentada é comemorado, mas esse ano foi especial.

"Todos os anos a gente comemora o aniversário dela, só que esse ano comemorou de uma forma especial com todos os amigos presentes. Ela é uma pessoa super carismática, super de boa, super alegre, se dá bem com todo mundo, é uma verdadeira princesa, ela é uma simpatia em pessoa, merece isso aqui e muito mais", disse a curadora.

Delcidia, conhecida na cidade como Cidinha, nasceu no interior de Minas Gerais em 5 de dezembro de 1905. Ela mora em Palmelo há 60 anos. De acordo com Arliete, a idosa não tem familiares, mas os moradores da cidade se tornaram a sua família. "Cidinha convive bem com os outros moradores da residência e esbanja simpatia", conta Arliete. A aposentada mora em uma residência terapêutica.

Foto: Arquivo Pessoal | Divulgação


Supercentenária

De acordo com o site Wikipedia, que atualiza a lista levando em consideração a longevidade reconhecida pelo Guinness World Records ou Gerontology Research Group (GRG), Delcidia Cidines Costa não está entre os 10 supercentenários vivos, nem entre os 99 pessoas mais velhas do mundo [que também considera pessoas mortas]. Isso porque a idade dela não foi confirmada e verificada pelo Guiness.

No entanto, se confirmada a informação da idade e validada pelo órgão mundial de recordes, além de repassada para o GRG, a idosa pode se tornar a 4ª mais velha do mundo ainda viva. Ficando atrás apenas de Kane Tanaka (Japão), a supercentenária mais velha do mundo com 118 anos e 178 dias; Lucile Randon (França), com 117 anos e 299 dias e Antônia da Santa Cruz, que é brasileira e mora na Bahia com 116 anos e 177 dias.

Poste um comentário