PUBLICIDADE



O Governo de Goiás irá avaliar os resultados da força-tarefa realizada no feriado prolongado do dia de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, a fim de traçar novas medidas para conter aglomerações em municípios turísticos. Segundo o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, o objetivo é continuar com o trabalho em todos os feriados até que uma vacina seja desenvolvida. 

A força-tarefa teve o objetivo de garantir o cumprimento dos protocolos sanitários adotados para conter a propagação do coronavírus. A atividade envolveu Goiás Turismo, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Ministério Público do Estado de Goiás, Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (AGR) e prefeituras municipais. 

Segundo dados das prefeituras, repassados à Goiás Turismo, Caldas Novas registrou 90% de ocupação das reservas liberadas em hotéis e pousadas. De maneira geral, a ação foi vista como positiva. Um único clube descumpriu os protocolos, a fiscalização foi enviada e o parque foi autuado por não adotar medidas contra aglomerações de visitantes. 

Também houve fiscalizações nas rodovias que dão acesso aso municípios turísticos para garantir a segurança dos visitantes. No sentido de Caldas Novas foram 34 paradas de veículos para fiscalização. 

O Comitê para evitar aglomerações em cidades turísticas foi criado após a proposta apresentada pelo prefeito de Caldas Novas, Evandro Magal, ao governador Ronaldo Caiado, após o feriado prolongado de 7 de setembro.

Com informações de Governo de Goiás.

Poste um comentário