Prefeitura de Aparecida de Goiânia dá exemplo de gestão


O município de Aparecida de Goiânia dá exemplo de gestão, equilíbrio fiscal  e investimentos. De acordo com números divulgados pelo secretário da fazenda da cidade, André Luis Rosa, a boa situação fiscal é atestada pelo Tesouro Nacional que deu nota A  para  estimativa da capacidade de pagamento (Capag) do Município. “A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) colocou Aparecida de Goiânia como a 21ª cidade no Brasil com a melhor situação fiscal, a primeira em Goiás e no Centro Oeste” declarou ele.

Com superávit consolidado, a gestão fará novos investimentos na cidade, informa o titular da Secretaria da Fazenda. André revela que o valor será na ordem de R$ 400 milhões. “Teremos R$ 180 mi de recursos próprios, desse total R$ 120 mi já estão em caixa para investimentos nos próximos dois anos”. Ainda de acordo com ele, cerca de R$ 180 milhões são relativos a novos financiamentos, um deles de mais US$ 35 mi com o Banco Andino que será aplicado na construção dos eixos estruturantes da Região Oeste da cidade.

O secretário destacou também o empenho do prefeito em relação a diminuição de impostos. “O prefeito Gustavo Mendanha tem uma característica que o diferencia da grande maioria dos políticos, a sede arrendatória. Ele é justo. Enviamos, por exemplo, dois projetos de lei para a Câmara de Vereadores com o objetivo de diminuir taxas tributárias”, revela André Rosa. Ele explica que o primeiro projeto referia-se à reformulação do Código Tributário do Município.

Ainda com o objetivo de corrigir valores tributários, o Município propôs a revisão da planta de valores, mas também não foi aprovada. André explica que algumas regiões teriam aumento, já que a taxa é atrelada ao valor do imóvel, mas a grande maioria registraria redução.  “IPTU e ITU são os tributos mais importantes porque correspondem a cerca de 15% da nossa receita. O morador de Aparecida é muito consciente da sua responsabilidade. Nossa adimplência é superior a 80%. Isso é uma das coisas que nos permite ter essa saúde fiscal”, finaliza André.

--
Fonte: Secom Aparecida de Goiânia
Foto: Divulgação