PUBLICIDADE

Foto: Divulgação/Internet

O município de Bela Vista de Goiás divulgou no início da noite desta quarta-feira (14) um novo decreto com regras específicas para as atividades econômicas locais. Acompanhando o entendimento do Governo de Goiás e também de Goiânia, a prefeitura de Bela Vista impôs restrição ao funcionamento de atividades consideradas não-essenciais aos finais de semana e estabeleceu que todo o comércio funcione de segunda a sexta, das 8h às 18h.

Segundo o Decreto nº 203, de segunda a sexta, o horário de funcionamento das atividades econômicas será das 8h às 18h, inclusive supermercados, padarias, mercearias e distribuidoras de bebidas. O comércio deve seguir rigorosamente os protocolos sanitários da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Bares, restaurantes, academias e igrejas só poderão funcionar com 30% de sua capacidade normal.

Aos finais de semana, todo o comércio deve fechar das 18h de sexta-feira às 6h de segunda. As exceções são os supermercados, padarias, mercearias (que a principal atividade não seja a venda de bebidas), templos religiosos, hospital, farmácias, clínicas de vacinação e testagem para Covid, laboratórios de análises clínicas, cemitérios e serviços funerários, feira livre (no domingo das 6 às 11h, ficando proibida a produção, o manuseio e a consumação de alimentos no local).

Também estão fora do fechamento: distribuidoras de gás, postos de combustíveis, atendimento de urgência e emergência na área médica e odontológica e clinicas veterinárias (somente emergência). As borracharias, estabelecimentos industriais de bens essenciais á saúde, à higiene, à alimentação humana e suas cadeias produtivas, de insumos para agricultura e pecuária e também que estejam produzindo equipamentos para combate à pandemia podem funcionar aos finais de semana.

Com relação aos restaurantes, bares e lanchonetes, todos os serviços também poderão funcionar em todos os dias, mas aos finais de semana só poderão realizar delivery (entrega), bem como lojas que vendam produtos para a alimentação animal. A íntegra do documento está disponível no site da prefeitura de Bela Vista.

Poste um comentário