PUBLICIDADE


Nascida em Cristianópolis e criada em Goiânia, a cantora e compositora, Marília Mendonça, se despediu dos palcos e dos fãs na noite de sábado (30). Sua apresentação na cidade de Caxias do Sul (RS), foi seu último show solo antes de dar à luz a seu filho Leo.

Considerada a rainha do sertanejo, Marília, conquistou fãs pelo Brasil inteiro. Ela lançou em 2019 seu maior projeto  “Todos os Cantos”, onde se apresenta de graça em todas as capitais do país. Desse projeto saíram grandes sucessos, mas também a maior notícia de sua vida pessoal: a gravidez do primeiro filho, fruto do relacionamento com Murilo Huff. 

Falando sobre os muitos amores que já teve na vida, ela destacou o amor que sente pela estrada, “A estrada me amou, me aplaudiu, se fez minha amiga, me deu uma família, me deu condições de cuidar da minha, me deu um bocado de gente legal me amando sem me conhecer, realizou meus sonhos, me adoeceu, me cansou, me fez chorar, me feriu, me levou pro céu e jogou no chão muitas vezes, me deu um monte de gente que não gosta de mim sem me conhecer e hoje tá me matando de saudade sem eu nem ter a deixado ainda”, relatou a cantora.

Ela ainda comentou o fato de se afastar dos palcos no auge da carreira: “Estou dando uma pausa no meu AUGE, literalmente. O auge do meu amor, o auge da minha vida, o auge da minha felicidade, o auge do meu crescimento como mulher, o auge do meu amadurecimento”, acrescentou.

Com uma foto onde aparece emocionada no palco, ela ainda deixou um “até logo” para os fãs: “já já estou de volta pra morrer de amor por tudo isso junto e misturado”, conclui Marília Mendonça.



Leia a nota íntegra:

“Ouvindo “pra você guardei o amor” escrevo esse relato que jamais imaginei escrever tão cedo. quando eu tinha 12 anos, tive o meu coração partido pela primeira vez. ali eu pensei que ia morrer. Aconteceu de novo aos 14 e assim, sucessivamente. Eu não sabia o que era amor e já tinha plena convicção, que se morresse, seria disso. Quando comecei a subir nos palcos, a 4 anos atras, me senti novamente morrendo pelo amor que achei que conhecia. Dessa vez era mais forte.

A estrada me amou, me aplaudiu, se fez minha amiga, me deu uma família, me deu condições de cuidar da minha, me deu um bocado de gente legal me amando sem me conhecer, realizou meus sonhos, me adoeceu, me cansou, me fez chorar, me feriu, me levou pro céu e jogou no chão muitas vezes, me deu um monte de gente que não gosta de mim sem me conhecer e hoje tá me matando de saudade sem eu nem ter a deixado ainda.

Só Deus sabe o quanto fui feita pra isso, pois nem eu mesma sei. depois de achar que nada seria maior do que esse amor, me deparei com a notícia mais maluca da minha vida. Nem nos meus maiores sonhos eu imaginaria que sentiria algo tão forte assim.


Deus mandou de presente, o maior sentimento do mundo, pra me mostrar que se ainda não havia morrido de amor, tinha chegado a hora. Estou dando uma pausa no meu AUGE, literalmente. O auge do meu amor, o auge da minha vida, o auge da minha felicidade, o auge do meu crescimento como mulher, o auge do meu amadurecimento. Pensou que eu tava falando de SUCESSO, né? Acertou.

Como eu não seria bem sucedida tendo em meu ventre o meu grande amor, que eu já escuto os sinais de chegada? Enfim, com lágrimas nos olhos, anuncio que, oficialmente, pausei a minha vida pra esperar a minha vida. Obrigada a quem me entendeu, quem orou por mim, quem ficou ao meu lado, quem foi fiel nessa fase tão complicada. Até logo, pessoal. eu amo vocês, amo os palcos, amo o Léo e Jaja to de volta pra morrer de amor por tudo isso junto e misturado.”
--
Fonte: Mais Goiás
Foto: Reprodução