PUBLICIDADE


O prefeito de Senador Canedo, Divino Lemes (PSD), afirmou, em entrevista à Rádio Bandeirantes de Goiânia, que o senador e ex-prefeito da cidade, Vanderlan Cardoso (Progressistas), não destinou recursos ao município nestes quase 10 meses de mandato.

"Até agora ele não ajudou em nada. O nobre senador ainda não mandou nenhum centavo para nossa cidade, mas ele vai fazer a parte dele e eu a minha. Da minha parte, está tudo bem", disse.

Lemes afirmou que é questão de obrigação que Vanderlan aporte recursos em Senador Canedo. Embora diga que não carece de serviços de outrem para administrar a cidade, o prefeito diz que as portas estão abertas para o diálogo com o parlamentar.

"Eu imagino que seria obrigação, porque o projeto político dele nasceu aqui. Mas isso depende da personalidade dele, da memória dele. De minha parte, se mandar, eu recebo sem problemas. Não preciso de nenhum serviço de terceiros para melhorar minha performance. Até agora não veio nenhum centavo, mas estamos à disposição", ponderou.

Divino Lemes também criticou a escassez de obras do governo de Goiás nos municípios. Segundo ele, não só Senador Canedo, mas todas as outras cidades estão carentes de investimentos.

"O Governo de Goiás ainda não se estabilizou quanto a ideia de 'vou fazer isso em tal município'. Acredito que no momento certo virá. Até agora, o Governo de Goiás não situou nada para os municípios, e Senador Canedo não tem sido diferente", pontuou.
Fonte: Diário de Goiás