PUBLICIDADE


O Ministério Público Federal (MPF) condenou nesta segunda-feira (14) o proprietário de uma farmácia em Senador Canedo, pelo crime de estelionato praticado contra o Fundo Nacional de Saúde.

De acordo com investigações, o condenado introduzia informações falsas no sistema do Ministério da Saúde e simulava a distribuição de medicamentos através do programa Farmácia Popular, para obter vantagens indevidas para si.

O programa é uma parceria entre o Governo Federal e prefeituras do país para oferecer por meio de farmácias privadas credenciadas, medicamentos de uso comum a preços reduzidos. Em média, os medicamentos são vendidos com preços 85% menores do que em farmácias particulares.
Fonte: Ministério Público Federal 
Foto: Reprodução