PUBLICIDADE


Com o objetivo zerar a fila de espera para cirurgias de cataratas em Senador Canedo, foi iniciada na última quinta-feira (5) as consultas com oftalmologistas. A ação realizada pela Secretaria de Saúde pretende, em três meses, realizar em torno de 350 cirurgias, atendendo de imediato os 324 pacientes que já passaram o que estão concluindo os exames pré-operatórios. 

A catarata é uma opacidade do cristalino (lente natural do olho), que faz com que as pessoas tenham a visão nublada, como se olhassem por uma janela embaçada ou enevoada, que torna mais difíceis tarefas como ler, dirigir um carro ou interpretar a expressão das pessoas. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a condição é responsável por 51% dos casos de cegueira no mundo, o que representa cerca de 20 milhões de pessoas.