Corpo de Bombeiros resgatam trabalhadores, que foram soterrados em obra, em Cristianópolis




Os corpos de Cícero Alves dos Santos e Nerisvaldo Ferreira Ursulino, ambos de 44 anos, que foram soterrados na sexta-feira (2) na obra de um galpão localizado na GO-139, entre Cristianópolis e Piracanjuba, foram resgatados na manhã deste sábado (3). Segundo os Bombeiros, os homens estavam a seis metros de profundidade.

De acordo com informações da comparação, os trabalhadores retiravam o escoramento para realizar a concretagem de uma parede quando o barranco cedeu sobre eles. De acordo com o subtenente Mesquita, foram 15 horas de resgate.

“Com muita perícia, usamos escoramento da vala para evitar novos deslizamentos, uma máquina retroescavadeira, materiais de sapa e iluminação. Ao todo foram oito bombeiros e três viaturas empregadas no resgate dos corpos”, destaca Mesquita.



Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) da Caldas Novas. A dona da obra é a Friato Alimentos. O veículo de comunicação Mais Goiás entrou em contato com a empresa, mas fomos informados por um funcionário que a área responsável por posicionamento só funciona em dias úteis.

A execução da obra é realizada pela construtora Sousa Rabelo, que tem sede em Araguari (MG). O portal também entrou em contato com a empresa, mas nossas ligações não foram atendidas.


Fonte: Mais Goiás
Foto: Corpo de Bombeiros