Prefeitura de Aparecida e Hospital Sírio-Libanês firmam novo convênio para modernizar Saúde Municipal


Com o objetivo de modernizar o atendimento da saúde pública de Aparecida, o prefeito Gustavo Mendanha assinou na sexta-feira (12) um novo convênio da administração municipal com o Hospital Sirio-Libanes (HSL). A solenidade contou com presença do diretor-geral (CEO) do hospital paulista, Dr. Paulo Chapchap, e de secretários de Saúde dos municípios da Região Metropolitana. A parceria será de Gestão por Resultados e permitirá a aplicação de índices, parâmetros e metas a serem cumpridas em todas as unidades de saúde do município, com acompanhamento e monitoramento por parte de uma equipe de consultores da HSL.

“Nossa primeira parceria com essa o Sírio Libanês trouxe muitos resultados nas Unidades de Pronto Atendimento, proporcionando uma redução de cerca de 50% do tempo de espera nas filas. Agora estamos avançando e estendendo este modelo de gestão para todas as nossas unidades de saúde. Nossa meta é provar para as pessoas que uma Saúde Pública pode ter a mesma qualidade que a rede privada. O próprio Hospital Municipal de Aparecida HMAP é a maior prova disso”, pontuou o prefeito Gustavo Mendanha.

O diretor geral do HSL, Paulo Chapchap, aproveitou a oportunidade para conhecer o Hospital Municipal de Aparecida e realizou uma palestra voltada aos gestores e profissionais da saúde. “Estamos construindo aqui um exemplo para o Brasil de uma integração público-privada em benefício dos cidadãos. A Atenção Básica em Aparecida está muito bem estruturada e encontramos aqui uma oportunidade para transferirmos conhecimento e acompanharmos o resultado dessa transferência", disse.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Alessandro Magalhães, as equipes do Hospital Sírio Libanês vão traçar metas e sugerir intervenções onde for necessário para a administração e para todas as unidades de saúde do município. “Na prática, isso vai melhorar a qualidade, a eficiência e a efetividade dos serviços prestados à população. Recentemente, na nossa primeira parceria com o Hospital Sirio-Libanês implantamos o projeto Lean nas UPAs, que reduziu em mais de 100% o tempo de espera dos pacientes por atendimento. Isso será ampliado agora para todas as UBS e para o HMAP”, sublinhou. O projeto, segundo ele, terá duração de 12 meses com repasses mensais de R$60 mil do município para o hospital paulista.
--
Fonte: Secom Aparecida de Goiânia
Foto: Rodrigo Estrela