Operadoras de telefonia aumentam prazo para recadastramento de celulares pré-pago em Goiás



O prazo para recadastramento de cliente com celulares pré-pago em Goiás foi ampliado pelas operadoras de telefonia. O procedimento agora pode ser realizado até o dia 5 de julho. Os clientes com alguma pendência receberão uma mensagem de texto com orientações sobre como agir. O estado é o primeiro a realizar a atualização.

O intuito é evitar fraudes e dar mais segurança aos consumidores. Quem precisar, mas não realizar a atualização terá a linha bloqueada. O projeto, batizado de "Cadastro Pré-pago", teve início em 18 de abril último, destinado exclusivamente a cliente do DDD 62, na região de Goiás. Para fazer a atualização, após receber a mensagem, o cliente deverá ligar na central de atendimento munido do número de CPF e do endereço completo com CEP.

O prazo inicial era até o dia 24 de junho, mas foi estendido, segundo o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (Sinditelebrasil) para alcançar o máximo de clientes possível.

A determinação atende ao que regulamenta a Lei 10.703/2003 e a resolução 477/2007, da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Pelo cronograma do Sinditelebrasil, a partir de 31 de julho, a atualização deverá ser feita pelos clientes de Goiás de outros DDDs e dos estados de Acre, Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rondônia, Tocantins e Santa Catarina.

Já a partir de 2 de setembro, o recadastramento atingirá todos os outros estados do país.

Mais informações no site da Anatel.
--
Fonte: G1 Goiás