PUBLICIDADE


Durante a live para atendimento à população com a prefeita Nárcia Kelly realizada nesta quinta-feira (18), dois participante denunciaram a utilização cerol em linhas por pessoas que estavam brincando com pipas em Bela Vista de Goiás. A prefeita encaminhou a reclamação ao secretário municipal de Finanças e Planejamento, Elcione Campos, que recomendou que os denunciantes entrassem em contato com as polícias Civil ou Militar do município.

Ao tomar conhecimento da denúncia por meio da live, a Polícia Civil realizou uma operação nos setores Armando Antônio e Clotilde, e apreendeu mais de 20 pipas e linhas com cerol. A corporação afirma que seguirá atenta à questão no município.

PRÁTICA PROIBIDA

O cerol é um material constituído por uma mistura de cola com vidro ou mármore moído que algumas pessoas passam na linha utilizada para empinar a pipa, visando cortar a linha da pipa de outras pessoas. O que devia ser uma brincadeira, na verdade pode-se tornar algo muito perigoso. Por ser um material cortante, que funciona como se fosse uma gilete, a linha com cerol pode causar os mesmos ferimentos iguais aos provocados por uma navalha, com lesões profundas e de grosso calibre. Se o corte for profundo ou pegar uma veia ou artéria grande, pode causar hemorragia e até a morte. A utilização de cerol em linhas é proibida no Brasil.

PARTICIPAÇÃO POPULAR

Desde o início da pandemia e a consequente necessidade de distanciamento físico, a prefeita, que costumava atender a população em seu gabinete, passou a atende-la por meio de lives com a livre participação popular. As dúvidas são sanadas ao vivo e as sugestões e reclamações são encaminhadas aos responsáveis para que tomem as devidas providências, quando necessário. Os atendimentos virtuais têm registrado uma média de 180 participantes por dia.
--
Fonte: Secom Bela Vista de Goiás
Foto: Polícia Civil

Poste um comentário