36 pássaros silvestres foram resgatados no domingo (2) pela Polícia Militar Ambiental, em Pires do Rio. As aves estavam presas em gaiolas numa residência na cidade.

Segundo o batalhão ambiental, havia uma denúncia de rinha de aves nativas do cerrado. Isso levou as equipes ao local do cativeiro. Lá, não foi confirmada a existência de rinha.

Conforme detalhou a PM, eram 36 canários da terra, que estavam em 14 gaiolas. O suspeito disse aos policiais que criava pássaros desde a infância e mantinha-os presos para ouvi-los cantar.

O proprietário dos pássaros não possuía licença ambiental. Todavia, como não houve flagrante de rinha no local, um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) foi registrado contra o dono da casa. 

Os pássaros foram encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), em Catalão, onde passarão por triagem e, posteriormente, serão devolvidos à natureza.

--
Fonte: Diário de Goiás
Foto: Polícia Militar