Trio é preso suspeito de matar mulher e abandonar corpo dentro de colchão em Goiânia



Trio suspeito de matar e esconder o corpo de Camila Alves dos Santos dentro de uma cama box no dia 1º de janeiro deste ano no Bosque dos Buritis, no Setor Oeste, em Goiânia, estão presos. Segundo a Polícia Civil (PC),  Thiago Pereira Dias, conhecido como “Pato Rouco”, Maxwell de Paula Ribeiro e Jair Paulo Pereira Jorge.

O corpo de Camila foi encontrado por agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM) com marcas de facadas no ombro e no rosto. No entanto, a mulher foi morta em uma casa abandonada em frente ao bosque, ocupada por dependentes químicos.

Segundo a investigação, Thiago teria deixado uma certa quantidade de drogas para que Camila guardasse, porém, ela vendeu e consumiu parte da substância. Ao perceber o que a vítima tinha feito Thiago e Jair resolveram matá-la. Os dois homens ainda pagaram R$ 20 para Maxwell Ribeiro ajudar a esconder o corpo no colchão e levar até o interior do bosque.

O trio, que já estava preso por outros delitos, agora deve responder por homicídio qualificado.

--
Fonte: G1 Goiás
Foto: Handerson Pancieri