Publicidade 728x90

Milhares participam de Cavalhadas de Santa Cruz de Goiás


O final de semana, 19 e 20 de maio, foi de muita festa em Santa Cruz de Goiás. A cidade recebeu o Circuito Cavalhadas 2018 com show destaque dos cantores Humberto e Ronaldo e a tradicional batalha entre mouros e cristãos no Estádio Municipal Tio Negrinho.

Acompanhado do prefeito Mateus Felix Lopes, o governador José Eliton (PSDB) disse que fez questão de fazer o rush pelos municípios para participar das Cavalhadas e da Festa do Divino Espírito Santo para reforçar o compromisso do Governo de Goiás com a promoção do Circuito.

"Estamos trabalhando para preservar a memória dessa tradição belíssima, aqui em Santa Cruz e em todo o Estado de Goiás. Todos os goianos têm de ver e saber que temos aqui em Santa Cruz uma manifestação cultural e de fé tão bonita", disse José Eliton.

As Cavalhadas

Manifestação cultural e folclórica religiosa, as Cavalhadas são apresentadas nas festas do Divino Pai Eterno e de Nossa Senhora do Rosário, festas cristãs, que foram realizadas em Santa Cruz de Goiás pela primeira vez em 1816. Elas representam a luta dos cristãos contra os muçulmanos (mouros), pelo controle territorial de parte da Europa na Idade Média. A cena remonta ao período medieval e retrata a luta do imperador Carlos Magno e os 12 pares da França.

A encenação começa com os cristãos acompanhados pelos anjos, carregando o emblema da cruz; os mouros, acompanhados do diabo, carregam a espada. Eles acreditavam que espíritos maus impediam os mouros de aceitarem a Lei de Nosso Senhor Jesus Cristo. Mouros e cristãos seguem uma hierarquia entre os cavaleiros. Um posto só é substituído se um cavaleiro morre ou sai da cavalhada. A princesa se veste de azul, no primeiro dia, por estar sob o poder dos cristãos e, no outro, de vermelho, depois que foi raptada e ficar em poder dos mouros. Ao final da encenação, mouros e cristãos desfilam em seus cavalos pelas ruas da cidade e encenam uma batalha, que acaba pela conversão dos mouros ao cristianismo.

Considerada uma das primeiras povoações do Estado, Santa Cruz foi morada dos Anhanguera. A cidade fica a 128 quilômetros de Goiânia e tem como municípios vizinhos Palmelo, Cristianópolis e Pires do Rio.

Foto: Nádia Ribeiro